sábado, 18 de junho de 2011

Introdução


Somos tantos neste mundo, alguns até parecem semelhantes, mas cada um de nós tem uma história singular que se cruza com outras. Uns falam abertamente sobre os seus problemas; outros, como eu, fecham o túmulo dos seus próprios problemas. Sou boa ouvinte, gosto que partilhem comigo sobre os seus problemas, mas eu não sou fácil de exprimir o que sinto… principalmente os problemas. Aos poucos, vou tentar abrir as páginas do meu livro, escrevendo calmamente o capítulo dos meus problemas. Hoje, só ganhei coragem para escrever isto, porque na verdade (ainda) custa!

Hoje apercebi-me que estou a magoar certas pessoas à minha volta, ou porque me afasto ou porque exalto-me!

5 comentários:

Página ao Lado disse...

é bom quando admitimos o nosso estado de espírito!
já foi um bom começo, deves ficar contente (:

kishikiari disse...

sou um pouco assim também, ao menos reconhecemos :X

Ana FVP disse...

Oh querida, que se passa?

Que amanhã seja outro dia, com outras energias, bem mais positivas!

Pupa disse...

Meninas, é mesmo isso. Admitir que já estamos mal, é um bom caminho. Hoje o dia até me correu bem melhor :) Obrigada pelo apoio. Com calma falarei deste meu problema. Primeiro vou deixar mastigá-lo mais, até ter coragem de o colar aqui :)

MARIA JOSÉ disse...

O QUE VOCÊ POSTOU ENCAIXA NO QUE SINTO AGORA DÓI MUITO EM SABER QUE OS “AMIGOS” AMPUTARAM OS OMBROS
GOSTARIA QUE VISITASSE MEU BLOG E DESSE SUA OPINIÃO BEIJOS

M.J LOREDO