quinta-feira, 2 de junho de 2011

Quando estamos em crise: gastamos logo 2,1 milhões de euros. Que tal?!

Quando estamos sentadinhos no sofá a ver televisão e, se não for muito incómodo, acompanhados por um belo gelado, tudo é fácil.

Neste cantinho não temos percepção do trabalho que está envolvido nos programas de entretenimento, novelas e publicidades que passam na caixinha-falante (TV).  Por exemplo: se eu demorei um ano para trabalhar numa peça de teatro bastante sofisticada, com produto final de 2h, e num outro ano um pequeno filme de desenhos animados em plasticina com duração de 3 min, então nem imagino o suor que escorreu pelo corpo e cérebro das pequenas aliminhas da tv, que provavelmente terão um trabalho mais rebuscado. Mas, trabalho é trabalho, ou seja, é necessário esforço para algo ficar com um bom produto final. Isto está claro. O que me deixou estupefacta foi a quantia de dinheiro que gastaram para produzirem uma publicidade (e esta publicidade custou: 2,1 milhões de euros). Oh. Tudo bem, podemos pegar no assunto da campanha que estes partidos gastam absurdamente, que é outra questão que nos deixa perplexos. Caros leitores, os resultados de domingo não serão a nossa solução e, por vezes não temos os melhores exemplos nos “VIP’s”, por isso, não podemos esperar que tudo se resolva por parte deles… Para além do voto, este crise também espera pela intervenção de cada um de Nós, não esquecendo que, as oportunidades surgem, algumas vezes, nos tempos de crise.

5 comentários:

Shiver disse...

Nem vale a pena falarmos da crise.
Se nos concentrar-mos no nosso estudo,no nosso trabalho e continuarmos a levar a vida para a frente já é meio caminho andado.

Jokas

kishikiari disse...

Se fosse por mim nem tinha havido campanha já todos conhecemos as caras deles. uns debates e chegava

Shiver disse...

Já ias ao meu blog deixar um kiss não?
tenho saudades dos teus coments......

:PPPP

Ritinha disse...

Que desperdício de dinheiro --'

isabelsantana2011@hotmail.com disse...

Muito bom o seu blog, parabéns.
deixo o blog Belas Artes Médicas.
Abraço.